Categorias
Regras ABNT Trabalho

Normas Vancouver: O que é, referências e diferença para ABNT

Talvez você ainda não ouviu falar das Normas Vancouver ou Estilo Vancouver. No entanto, provavelmente você já conhece as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). De fato, essas normas são de grande importância o mundo acadêmico.

Por isso, você vai aprender a formatar o seu trabalho acadêmico utilizando o padrão das Normas Vancouver. Como também como organizar as referências nesse padrão.  

O que são as normas Vancouver

As Normas Vancouver correspondem a um conjunto de regras para a padronização de trabalhos acadêmicos e publicações científicas. Esse padrão foi criado por um grupo de editores da área de saúde dos periódicos internacionais mais tradicionais.

Essas normas surgiram em 1978, juntamente com a criação do Comitê Internacional de Editores de Revistas Médicas, em uma reunião na cidade de Vancouver, Canadá.  O estilo Vancouver foi criado pela Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos.

As Normas Vancouver estão voltadas para padronizar o uso de citações e as referências em trabalhos acadêmicos e publicações científicas. Desse modo, nesse estilo você não encontra critérios detalhados para a formatação dos outros itens de um trabalho acadêmico.

Guia elaborado pela USP

Normas Vancouver

Como elaborar as citações no padrão das Normas Vancouver

Da mesma forma que ocorre no padrão ABNT, as Normas Vancouver também fazem diferença para as citações em termos de serem diretas curtas e longas e indiretas. No entanto, o sistema de chamada adotado é o numérico. 

Dessa forma, as citações devem ser numeradas, sendo que a indicação da numeração deve vir entre parênteses após a citação ou indicação do nome do autor, instituição ou responsável.

Citações indiretas 

São aquelas em que o pensamento do autor é apresentado de forma resumida nas suas próprias palavras. A indicação numérica deve ser feita entre parênteses logo após a colocação do nome do autor. 

Veja um exemplo de citação indireta

Nunes Guerra(1) desenvolveu alguns trabalhos sobre a temática da formação docente que sinalizam para a necessidade de revisão da ideia do professor enquanto um mobilizador de saberes profissionais. O que se tem percebido é que o professor em sua trajetória realiza a construção e reconstrução dos seus conhecimentos.

Citações diretas

São aquelas em que você copia o texto do autor na íntegra para fundamentar a sua exposição. Nas Normas Vancouver a indicação numérica pode vir logo após a colocação do nome do autor ou ao final da citação.

Além disso, se a citação é de até três linhas é denominada de curta e se tiver mais linhas é chamada de longa. 

Veja uma citação direta curta

De acordo com Nunes Guerra em se tratando da realidade brasileira as pesquisas indicam que foi a partir da “[…] década de 1990 que se buscam novos enfoques e paradigmas para compreender a prática pedagógica e os saberes pedagógicos e epistemológicos relativos ao conteúdo escolar a ser ensinado”(1).

Exemplo de uma citação direta longa

O que se tem percebido é que o professor em sua trajetória realiza a construção e reconstrução dos conhecimentos. No que se refere à realidade brasileira as pesquisas indicam que foi a partir da

[…] década de 1990 que se busca novos enfoques e paradigmas para compreender a prática pedagógica e os saberes pedagógicos e epistemológicos relativos ao conteúdo escolar a ser ensinado/aprendido. Neste período, inicia-se o desenvolvimento de pesquisas que, considerando a complexidade da prática pedagógica e dos saberes docentes, buscam resgatar o papel do professor, destacando a importância de se pensar a formação numa abordagem que vá além da acadêmica, envolvendo o desenvolvimento pessoal, profissional e organizacional da profissão docente(1).

Citação de citação

Ainda para as citações nas Normas Vancouver temos de explicar a citação de citação. Esse tipo de citação acontece quando não é possível ter acesso ao documento original que se quer fazer a citação. Desse modo, você usa o material de outro autor que teve acesso a esse documento original e está fazendo a sua citação.  

Exemplo de citação de citação  

[…] o programa de saúde da família continua a ser visto apenas como mais um programa, limitado, bom para os pobres e pobre como eles. Segundo o Ministério da Saúde* as razões dessa dificuldade são múltiplas (1).

Nesse caso, observe que o número entre parênteses ao final da frase indica o autor consultado que será listado nas referências. E o asterisco depois de Ministério da Saúde indica o documento original, que você não teve acesso e deve constar em nota de rodapé.

Como elaborar as referências no padrão das Normas Vancouver

Para elaboração das referências nas Normas Vancouver deve-se observar que serão listadas conforme a ordem que aparecem no texto e foram assim numeradas sucessivamente. Para isso utiliza-se os números arábicos entre parênteses.

Para indicar o sobrenome do autor deverá ser utilizada apenas a primeira letra em maiúscula, acompanhado das iniciais dos nomes sem pontuação. Além disso, no Estilo Vancouver não existe a indicação de um destaque gráfico a ser colocado no título da obra.

Regras gerais para a elaboração das referências

a) a entrada de uma referência sempre deve ser feita pelo autor (pessoa ou entidade coletiva), na ausência do mesmo utiliza-se o título;

b) devem constar no final do trabalho em forma de lista e em ordem numérica conforme citada no texto;

c) as referências devem ser alinhadas à margem esquerda, em espaço simples e separado entre si por espaço duplo;

d) pontuação: dar um espaço após ponto; após ponto e vírgula e após dois pontos;

e) editora e data devem ser separadas por ponto e vírgula ( ; );

f) nos casos em que a referência ocupar mais de uma linha, reiniciar na primeira posição;

g) o sobrenome é em letras minúsculas exceto as iniciais e não são usados pontos nas iniciais dos nomes; em casos de mais de um autor os nomes são separados por vírgula (,).

Alguns exemplos de referências no padrão Vancouver

Escorel S, Giovanella L, Mendonça MHM, Senna MCM. O Programa de Saúde da Família e a construção de um novo modelo para a atenção básica no Brasil. Rev Panam Salud Publica. 2007;21(2):164-76.

Brasil. Ministério da Saúde. Política Nacional de Atenção Básica. Brasília (DF): Ministério da Saúde; 2006.

Cervera DPP, Parreira BDM, Goulart BF. Educação em saúde: percepção dos enfermeiros da atenção básica em Uberaba (MG). Ciênc Saúde Coletiva. 2011;17 supl 1:1547-54.

Portanto, o padrão estabelecido pelas Normas Vancouver é mais voltado para citações e referências, sendo mais específico para a área de saúde. Além disso, nesse padrão não são estabelecidos os critérios para formatação de outros itens dos trabalhos acadêmicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *