Categorias
Redação

Dissertação Expositiva: Características, exemplos e dicas

Apesar da dissertação expositiva não ser tão popular e tão solicitada nas provas pelo Brasil. Ela pode estar presente em concursos e vestibulares por ser simples de se redigir e possuir uma estrutura fixa, facilitando as correções.

Essa redação tem dois tipos de elaboração, a argumentativa e a expositiva, sendo que ambas têm o mesmo molde. Porém elas são diferentes no que buscam passar para o leitor, tendo estilos distintos.

A dissertação expositiva tem como característica mais marcante a de informar o leitor através da exposição de um determinado assunto ou tema. Dessa forma ela deseja fazer com que o leitor conheça o ideal, mas não necessariamente concorde com ele. Bem diferente do texto dissertativo argumentativo, em que há a defesa de uma ideia, uma opinião ou ponto de vista, fazendo com que o leitor seja convencido e para isso são usados os argumentos.

dissertação expositiva

Como fazer uma dissertação expositiva

O artigo tem o objetivo de informar sem assumir uma posição sobre o que retrata. Assim, é preciso seguir algumas regras e habilidades para que ele seja adequado a sua função.

  • É preciso conhecer o tema abordado para conseguir passar uma visão clara e objetiva sobre o mesmo, sem se deixar levar por emoções;
  • Entendimento gramatical, para criar boas construções sintáticas, que possuam coerência e coesão;
  • Linguagem formal, porém, sem preciosismo, ou seja, escrever de modo culto, mas sem palavras muito difíceis ou desconhecidas;
  • Ser impessoal, a fim de manter a ordem de apenas expor os fatos.

A dissertação expositiva deve ser sobretudo fácil de se entender. Dessa forma, se torna prática e cumpre a função de levar o conhecimento e passar a mensagem.

Em provas de vestibulares esse tipo não é tão comum quanto a argumentativa já que não expressa uma opinião. Porém se você está se preparando para esse evento, é muito importante entender os dois vieses.

Estrutura da dissertação expositiva

Assim como carta, rascunho e síntese a dissertação expositiva tem uma receita na hora de ser montada. Esse molde é dividido em três partes que devem ser muito claras entre si.

Porém é preciso que elas tenham uma transição natural entre si. Assim o leitor não vê o momento claro onde um tópico acaba e se inicia outro. Confira a estrutura a ser seguida.

Introdução

Deve estar nos primeiros parágrafos e apresentar o problema, mostrando como será trabalhado ao longo do texto;

Desenvolvimento

Onde deve ser expresso a parte principal do texto, apresentando um ponto de vista e expondo tudo que é sabido sobre o mesmo;

Conclusão

A parte final do texto, onde apresenta-se um término de sua apresentação, arrematando e resumindo tudo que foi dito ao longo dele.

Exemplos de texto expositivo

“Os Relatórios das Organizações das Nações Unidas (ONU) sobre a gestão e desenvolvimento dos recursos hídricos alertam para a preservação e proteção dos recurso s naturais do planeta, sobretudo da água. Sendo assim, as estatísticas apontam para uma enorme crise mundial da falta de água a partir de 2025, de forma que atingirá cerca de 3 bilhões de pessoas, e que pode provocar diversos problemas sociais e de saúde pública.

Um dos maiores problemas apresentados pela ONU é a “escassez de água” que já atinge cerca de 20 países no mundo, ou seja, 40% da população do planeta. Os estudos completam que a água doce do planeta está em risco visto as mudanças climáticas registradas nas últimas décadas.

Exemplo de texto expositivo

Dicas para uma boa dissertação expositiva

Quase sempre começar o texto é a parte mais difícil, pois o tom usado no início deve ser mantido. Pensando nisso separamos aqui algumas estratégias que podem lhe ajudar nesse percurso.

1 – Questionar o tema e respondê-lo ao longo da redação.

Dessa forma você desperta a curiosidade do leitor e ajuda-o a resolvê-la ao longo da dissertação expositiva. O lado interessante é que mais de uma pergunta pode ser levantada é solucionada com sua explicação.

2 – Mostrar os dois lados

Principalmente se tratando de um texto que deve expor algo é importante que você saiba mostrar todas as faces do tema. Para isso você pode iniciar falando sobre um espectro mais comum e aí questioná-lo.

3 – Ação e reação

Sim, a terceira lei de Newton pode enriquecer muito seu texto. Para isso você precisa saber criar uma boa conexão entre causa e consequência.

Mostre como um ponto de vista pode afetar o aspecto geral do tema. Porém lembre-se que se tratando de uma dissertação expositiva é preciso fazer isso com cuidado para não tomar um lado na discussão.

Conclusão

Vimos nesse artigo que a dissertação expositiva é uma redação que serve para expor os pontos de um fato. Assim ela se difere da argumentativa por não tentar convencer o leitor de algo e sim mostrar-lhe um ponto de vista.