Skip to content
Seu Melhor TCC

Como fazer um fichamento ABNT: O que é, modelo

Existem inúmeras dúvidas em relação a técnicas de estudo e organização de dados, que sejam eficientes. Uma das grandes protagonistas desse conjunto, é como fazer um fichamento.

Então, o post em questão vai te explicar tudo sobre esse tema. Aprenda aqui o que é, e qual a maneira correta de fazer um.  Veja ainda, quais os diferentes tipos de modelos e como podem ser utilizados. Acompanhe.

Fichamento, o que é?

Como o próprio nome já sugere, aqui o indivíduo separa os conteúdos por fichas, independente de qual seja ele. O objetivo de quem utiliza essa técnica é analisar de maneira mais profunda esses dados.

Além disso, os fichamentos servem como uma boa ferramenta de suporte para estudos mais complexos. Desse modo, é uma excelente fonte de consulta, sem que haja necessidade desmembrar todo o tema novamente.

Portanto, com essa técnica, tem-se uma maneira mais prática de endossar uma revisão de literatura mais transparente. Também, tendo em vista as diferentes formas de bibliografia, esse método se adapta de acordo com cada uma delas.

Ao fim do presente artigo, como fazer um fichamento não será mais motivo de confusões. Acompanhe agora quais os diversos tipos e como eles funcionam.

Saiba mais sobre os nossos artigos relacionados

Como fazer o fichamento de um artigo?

Esse é especial para quem está com o TCC batendo na porta. No intuito de diminuir o volume de trabalho, o fichamento funciona muito bem aqui. Isso tendo em vista que provavelmente você irá utilizar bem mais que um só artigo.

Desse modo, você consegue reunir informações de lugares diferentes, em um mesmo documento. Por isso, é interessante que você deixe sempre muito claro de onde vêm cada uma delas.

Assim, uma dica é, além de mencionar título da obra, vale colocar a página onde cada dado foi retirado. Esse método de organização é muito útil quando se trabalha com uma variedade maior de textos.

omo fazer um fichamento ABNT

Como fazer fichamento de citação?

Nessa modalidade, reúne-se os elementos que são mais relevantes e significativos dentro do texto. Então, sem dúvidas, como fazer um fichamento funciona aqui, como uma transcrição. Claro que, isso é aplicado somente a pequenos trechos.

Além disso, como são citações, elas devem ser feitas sempre entre aspas. Outro ponto interessante, é que não é um requisito copiar toda a frase. Pode-se destacar o que é fundamental, e usar reticências que indiquem que existe ali, uma continuação.

Desse modo, a grande questão aqui está em tentar manter a coerência e coesão textual. De nada adianta transcrever um conjunto de informações que ao final, não farão sentido. E por consequência, o autor teria que recorrer novamente ao texto base.

Fichamento ABNT

Basicamente, nesse tipo em questão, segue-se todas as regras dos anteriores. O grande diferencial está em adequar o texto às normas ABNT. Desse modo, o conjunto da obra precisa estar sempre em sintonia com esse modelo pré-estabelecido.

Além disso, essas configurações podem funcionar como agentes facilitadores quando se tem dúvidas sobre como fazer um fichamento. Isso porque elas servem para todo e qualquer um deles. Inclusive, muitas vezes são as mais utilizadas. Confira.

  • Fonte: Arial;
  • Tamanho da fonte utilizada: 12;
  • Espaçamento entre as linhas: 1,5 cm;
  • Margens direita e inferior: 2 cm;
  • Margens esquerda e superior: 3 cm.

Como fazer tipos de fichamento

Independente de qual seja o seu objetivo de estudo, acredite, essa ferramenta sempre terá sua devida utilidade. Por isso, é importante que você conheça suas variações, podendo assim, escolher a que mais se aplica.

Portanto, você já viu como fazer citações, e como funciona a padronização ABNT. Porém, existem outras formas que são bem úteis e importantes de se conhecer.  O ideal é definir bem qual será sua análise, e só daí partir para a ação.

Exemplo

Agora vamos ser um pouco mais práticos. A seguir tem-se um pequeno modelo exemplo para te ajudar melhor na total compreensão de como fazer um fichamento. Veja como isso é feito e como você pode aplicar nos seus estudos.

  • Título da obra: O fenômeno da pós verdade como ferramenta de alienação cultural;
  • Subtítulo: O que pode ser feito para reverter esse contexto?
  • Localização: Livro – A origem da pós verdade. Conjunto de ensaios (pág. 425);

Modelo

Como você viu acima, existem diversas formas de se fazer um fichamento. O que irá dizer qual o melhor deles será sempre seu objeto de análise. Veja agora um modelo que pode servir como base para você começar seus estudos.

Lembre-se, você sempre pode adaptar à sua maneira, vai da sua criatividade e também, dos seus recursos. Inverta os tópicos, adicione, retire. O importante é que a informação fique sempre contextualizada e claro, fácil de se encontrar.

Agora, se você prefere os padrões, é só acompanhar a ordem estabelecida a seguir, que o sucesso é garantido. Você já sabe como fazer um fichamento, é sua vez de tentar, boa sorte.

1- Citação bibliográfica.

2- Título e subtítulo do texto.

3- Todos os dados que foram coletados durante a leitura.

4- Localização exata da obra.