Categorias
Regras ABNT

Relatório de estágio: Como fazer

Relatório de estágio: Como fazer. Veja neste artigo como prepara o seu relatório de estágio dentro das normas da ABNT e com dicas de como iniciar e desenvolver todo o tema.

Relatório de estágio: Como fazer. Veja neste artigo como prepara o seu relatório de estágio dentro das normas da ABNT e com dicas de como iniciar e desenvolver todo o tema.

Todo estudante na finalização de um período escolar precisa prestar provas ou entregar trabalhos de conclusão de curso. No caso de estudantes que estejam estagiando não é diferente.

A instituição de ensino geralmente solicita um relatório para saber como foi a primeira experiência do estudante. Ou seja em qualquer ambiente novo de trabalho onde esteja focado os seus estudos na área escolhida.

Neste artigo vamos falar sobre o relatório de estágio e como fazê-lo. As regras necessários para formatação e o que o estudante precisa descrever obrigatoriamente.

Como fazer relatório de estágio

A princípio preparar o relatório não é tão difícil. Contudo, o estudante pode não saber como iniciar o trabalho e descrever suas experiências. Porém não se preocupe, o relatório de estágio difere e muito de uma monografia ou TCC.

Logo, seu conteúdo deve conter uma descrição detalhada das atividades realizadas na empresa por um tempo determinado. Além, de descrever o que foi aprendido durante esse tempo.

Para iniciar, o estudante pode descrever os objetivos tanto específicos como em geral do estágio na sua área de atuação. Não esquecendo de informar todas as atividades realizadas durante o período do estágio.

Assim, vale também informar o desenvolvimento da ações e os resultados obtidos no final do estágio. Dessa forma, ficará mais fácil descrever como foi o seu aprendizado e demonstrará para o avaliador o que foi aprendido.

relatório de estagio

O que é um relatório de estágio

Como dito anteriormente o relatório de estágio é um documento que descreve todas as atividade do estagiário no momento do estágio. Isso pode ocorrer dentro de uma instituição, hospital ou empresa, segundo a sua área de estudo especifica.

Relatório de estágio supervisionado

O relatório de estágio supervisionado não difere do estágio comum. Contudo, o estudante tem um professor ou mentor auxiliando no que se refere as realização das atividades. Um exemplo é o estágio de enfermeiros e técnicos de enfermagem.

Logo, os estudante somente poderão estagiar auxiliados e supervisionados por um professor, o que ocorre bastante em hospitais. Tanto particulares como de rede pública. Dessa forma, os estudantes podem praticar os procedimentos e não colocam em risco a integridade dos pacientes.

Estrutura e formatação

Seguindo as regras metodológicas para a formatação e elaboração do trabalho vamos abordar agora sobre como iniciar o relatório. Veja a seguir como preparar a estrutura.

Em princípio, o estudante deve ter em mente que a estrutura do relatório de estágio deverá conter. Então, capa, uma folha de rosto, e uma folha de aprovação deverão iniciar o trabalho.

Além disso, um sumário, introdução e descrições detalhadas da organização onde foi realizado o estágio também devem estar descritas. A seguir, as atividades desenvolvidas pelo estudante na instituição e conclusões sobre o estágio.

Além, de referências bibliográficas utilizadas durante o estudo e caso haja, anexos.  Em termos de formatação o estudante deve utilizar as estruturas da ABNT para o trabalho, seguindo as regras.

Vale lembrar que diferente da monografia e do TCC, o relatório de estágio pode ser desenvolvido em primeira e/ou terceira pessoa do singular. Assim, a formatação deve conter:

  • Estilo de fonte Arial ou Times New Roman;
  • Tamanho de fonte usada deve ser a 12;
  • O espaçamento das linhas deve ser de 1,5, sem espaçamentos anteriores ou posteriores extras;
  • O alinhamento do texto deverá ser justificado;
  • Para o recuo do paragrafo o tamanho deve ser de 1,25cm;
  • E caso haja citações diretas e longas no relatório de estágio, notas em rodapés, ilustrações com títulos. Assim como, tabelas ou referencias numéricas o tamanho da fonte deve ser o 10.

Concluindo, para as margens o estudante deve utilizar os tamanhos de 3 cm para margens superior e esquerda. E o tamanho de 2 cm para as margens direita e inferior, respectivamente. Lembrando que a página deve ser do formatada no padrão A4.

Categorias
Regras ABNT

Modelo de relatório de estágio: Relatório

Modelo de relatório de estágio. Veja neste artigo como elaborar um relatório de estágio nota 10. Falaremos de estrutura, formatação de acordo com as normas além de dicas importantes.

Ao final de um longo período de estudos o estudante universitário deverá se preparar para entregar dois trabalhos. Sendo de suma importância para a sua conclusão de curso, o TCC e o relatório de estágio.

No caso do modelo de relatório de estágio, algumas instituições e disciplinas não solicitam a obrigatoriedade do relatório. Então, vamos falar neste artigo sobre como realizar um bom relatório e algumas dicas para quem está iniciando.

Relatório de estágio x TCC

Os dois trabalhos em alguns casos são obrigatórios, contudo o TCC seria um trabalho mais formal e elaborado. Já o relatório ou RFE tende a seguir a estruturação mais básica de texto, também seguindo as normas da ABNT.

Em resumo o RFE irá descrever o que o estudante aprendeu e presenciou na empresa onde realizou o estágio. Assim relatando a sua experiência no ambiente específico de acordo com a sua área de formação.

Estrutura do RFE

A estrutura do relatório deverá ser objetiva e bem desenvolvido, também precisará conter análises críticas sobre as atividades realizadas. Podendo inclusive, levantar alguns problemas e apresentar soluções.

Assim, o estudante deverá demonstrar o que foi aprendido na prática no decorrer do modelo de relatório de estágio. Contudo, a estrutura do trabalho deverá seguir as normas da ABNT, vamos vê-las a partir de agora.

Modelo de relatório de estágio

Elementos pré-textuais

O trabalho deverá ser configurado com uma capa, uma folha de rosto, com resumo, agradecimentos e listagem tanto de imagens como tabelas. Os elementos pré-textuais são necessários e deverão seguir os padrões da ABNT.

Elementos textuais

Nesse ponto, o relatório deverá apresentar uma introdução com uma breve descrição de como conseguiu o estágio. Como também um resumo do motivo que levou o estudante a estagiar na determinada empresa. Lembrando que poderá ser escrito na 1º pessoa do singular.

Descrição da empresa onde foi realizado o estágio

Aqui o estudante poderá criar um texto com base em perguntas como:

  • qual o mercado atuar;
  • quais são os serviços;
  • os valores e características do local do estágio;
  • como é o local físico do estágio;
  • quais foram as atividades realizadas.

Descrição das atividades do estagiário

Esse tópico é de extrema importância para o modelo de relatório de estágio. O motivo é que nele o estudante fornece informações relevantes sobre como foi o período do estágio. Assim, o trabalho poderá ser guiado com tópicos como:

  • O que o estudante realizou durante o estágio;
  • O motivo do que foi realizado;
  • Como e quais instrumentos ou equipamentos foram utilizados;
  • O que o estudante aprendeu durante a realização da atividade;
  • Algumas dificuldades e facilidades durante a realização do estágio.

Conclusão do trabalho

Nessa parte o estagiário deverá apresentar um breve resumo do que foi período de estágio. Suas colocações em relação a pontos fortes e fracos, como profissional e indivíduo.

Referências ou elementos pós textuais

Nessa parte do RFE o estudante deverá incluir as referencias bibliográficas, de acordo com as normas da NBR 6023. Também deverá apresentar os apêndices e anexos.

Para a apresentação do modelo de relatório de estágio o estudante deverá formatar o trabalho da seguinte forma:

  • Impressão em papel A4;
  • Margens no padrão de 3cm para esquerda, 2,5cm para as margens superior e inferior e 2,0cm para a margem direita;
  • O espaçamento das linhas deverá ser de 1,5;
  • O recuo do parágrafo em 1,25cm;
  • Todo o texto deverá estar justificado;
  • A fonte deverá ser Arial ou Times New Roman no tamanho 12.

Dicas para a elaboração de um ótimo relatório

O período do estágio não chega a ser longo contudo nem sempre o estudante se lembrará de todas as atividades. Por isso, umas das dicas é anotar tudo o que acontece durante o período de estágio que seja relevante.

Faça um diário de como foi o dia e coloque em destaque o que foi importante. O cuidado com a escrita e não copiar trabalhos de outros também é importante para a aprovação final.

Categorias
Regras ABNT

Qual tipo e tamanho de fonte ABNT para TCC

Qual tipo e tamanho de fonte ABNT para TCC. Se você estudante está em dúvida como formatar o seu TCC, veja neste artigo todas as informações para não deixar passar nada!

Em se tratando de Trabalho de Conclusão de Curso, a aprovação final do curso, precisa estar dentro das normas. Assim, o estudante precisará formatar o trabalho dentro das regras de fonte ABNT.

Neste artigo vamos ajudá-lo a formatar o seu trabalho para garantir a sua aprovação. Claro que o conteúdo é de vital importância, contudo se a formatação não estiver dentro das Normas, isso vai ser bem difícil.

Quais tipos de fonte posso usar

Dentro das normas exigidas para a formatação do TCC o estudante deverá prestar muita atenção na formatação da fonte. O que isso significa? A fonte do trabalho deverá estar padronizada de acordo com a Norma.

Sendo que a formatação do corpo do texto do trabalho deverá seguir as seguintes exigências:

  • Tipo de fonte Arial ou Times New Roman, na cor preta;
  • O itálico deverá ser utilizado em palavras de outros idiomas, não se aplicando as palavras de expressão latina;
  • As margens deverão ser padronizadas em direita e inferior no tamanho de 2cm. E a esquerda e superior em tamanho de 3cm;
  • O tamanho da fonte ABNT deverá ser de 12, em todo o texto;
  • O espaçamento das linhas deverá ser de 1,5. Lembrando que não podem ser utilizados espaçamentos diferentes ou extras depois ou antes;
  • O texto deverá estar alinhado como justificado;
  • Os parágrafos deverão ter o recuo no início com 1,25cm.

Em caso de citações longas e diretas o tamanho da fonte deverá ser de 10. Além de citações, esse tamanho deverá estar nas notas de rodapés ou quando usado em referências de sistemas numéricos.

Assim como em natureza do trabalho, como títulos de fotos ou ilustrações e nos conteúdos com tabelas e gráficos. Lembrando que é sempre bom revisar o trabalho quando terminada uma parte para manter o padrão e não esquecer nada.

fonte ABNT

Qual tipo ideal de fonte ABNT para TCC

Então, o tipo de ideal são a Arial ou Times New Roman, ficando a critério a escolha da fonte ABNT. Contudo, algumas instituições têm preferências. Assim, verifique com o seu mentor ou com a instituição de ensino o mais recomendado.

Posso usar mais de uma fonte ABNT?

A escolha entre a Arial ou a Times New Roman, fica sendo de critério do estudante. Ou mesmo de acordo com a exigência da banca. Contudo, somente essas duas fontes são permitidas e aceitas, estando dentro das normas e padrões da ABNT.

Qual tamanho de fonte para cada parte do TCC

Para eliminarmos quaisquer dúvidas, vamos revisar o que é necessário para fazer um TCC de qualidade nota 10!. Veja a seguir os padrões exigidos para o texto em si.

Inicialmente o papel utilizado para a entrega do trabalho é o padrão A4 de cor branca. Não tente inovar, pois sua nota poderá ser diminuída caso não esteja no padrão.

Segundo, o trabalho deverá ser dividido em 3 partes, de acordo com a Norma Técnica ABNT 2019. Lembrando que todo o trabalho dever seguir a fonte ABNT. Sendo parte 1 com elementos pré-textuais, parte 2 com elementos textuais e parte 3 com elementos pós textuais.

Logo, a parte 1 se refere ao início do trabalho, devendo estar dentro das regras a capa, folha e rosto. Além de folha de aprovação (obrigatória), dedicatória, agradecimentos, epígrafe e resumo (também podendo ser em língua estrangeira).

Já a parte 2 inclui o texto em si, com introdução, desenvolvimento e conclusão. Essa é a parte mais importante do trabalho pois nela, o estudante expõe suas ideias sobre o tema escolhido.

Na última parte, a 3, o trabalho deverá conter referências, anexos, glossário, apêndice e como item opcional o índice. Sendo que a referência é um item obrigatório no TCC, onde são apresentados as obras que foram consultadas.

Categorias
Regras ABNT

Abstract TCC, como fazer nas normas ABNT: Exemplos

Abstract TCC, como fazer nas normas ABNT: Exemplos. Saiba como realizar o resumo ou o abstract par o seu Trabalho de Conclusão de Curso lendo este artigo e acabe com as dúvidas!

Para os estudantes universitários o momento mais importante do curso é a conclusão. Contudo, isso somente será possível se o trabalho de conclusão de curso for finalizado e entregue no prazo.

São tantas as observações e estudos que envolvem o desenvolvimento do TCC. Dessa forma, vamos abordar sobre o abstract TCC neste artigo, as normas e para que serve.

O que é abstract TCC

O abstract em síntese, é um resumo do trabalho de conclusão de curso. Seja ele uma análise, tese ou pesquisa. Seu objetivo é informar ao leitor sobre o que o assunto do trabalho usando da informação para chamar a atenção.

Assim, o abstract funciona como um ponto de partida para solicitação de patente ou como fundamentação para um artigo científico. Sendo que o abstract pode ser solicitado em algumas disciplinas, caso tenha dúvidas informe-se com o seu mentor.

abstract TCC

Como fazer o abstract no TCC? Qual norma ABNT usada

As normas ABNT utilizadas devem seguir as regras que iremos listar abaixo. Dessa forma o estudante deverá realizar o resumo em língua portuguesa e o abstract em língua estrangeira. Podendo ser no inglês, francês ou espanhol.

Assim, o desenvolvimento do resumo ou o abstract TCC deverão seguir as mesmas regras:

  • O abstract ou resumo deverão conter entre cem quinhentas palavras. Contudo o tipo de trabalho realizado poderá ter uma quantidade de palavras definidas pela banca ou pelas regras ANBT;
  • Sempre redigir os textos em terceira pessoa do singular, não esquecendo da colocação dos verbos na voz ativa;
  • Não usar citações tão pouco abreviações;
  • Utilize no resumo ou no abstract pelo menos 3 palavras-chaves, todas separadas com ponto e vírgula;
  • Procure realizar o resumo e o abstract, ou no caso os dois, ao concluir seu trabalho. Assim ficará mais fácil resumir em pocas linhas a direção dos seu trabalho com conclusões mais claras.

Onde fica o abstract no TCC?

Segundo as normas técnicas da ABNT o texto deverá estar em uma página em separado e após o resumo do seu TCC. Tanto para o resumo quanto para o abstract as regras para formatação serão as mesmas.

Aproveite e veja outros artigos que iram te ajudar no seus estudos:

Assim, o abstract TCC deverá seguir as normas da ABNT mesmo em língua estrangeira. A ABNT inclusive sugere que o resumo ou abstract usem frases diretas, explicativas e concisas.

É um elemento obrigatório

Como parte do trabalho de conclusão de curso o abstract é obrigatório. Sendo sua configuração realizada nos mesmos padrões do resumo. Assim, o estudante mesmo não dominando a língua estrangeira, deverá ter cuidado para não transcrever de forma errada.

Exemplo de abstract

Vamos usar um exemplo de abstract TCC para que o estudante tenha em mente como formatar e transcrever o solicitado. Vamos usar nomes fictícios para não direcionar os estudos nem os textos. Utilize o exemplo de forma que auxilie no desenvolvimento do trabalho.

For several years, Whowho has been recognized as a special and conventional brand, but it needs to revitalize its image. The objective of this work is to create a marketing campaign for Whowho in Brazil, expanding the acceptance of the brand´s roasted and ground coffee, in the cities of A, B and C.  The ideas used approach themes like drinking habits, generation, and repositioning. We gathered all important consumer information and envisioned the scenarios macro and microenvironment through the preparation. We organized a market research to know better the customer, and still, we noticed the best communication approach to develop the promotion. Hour Whowho blends events online and off-line, that seeks to involve the target motivating the sensations and the straight interaction with coffee. The work suggests an imaginative and modern way out to make the Whowho´s image young and current.

Keywords: Repositioning Rejuvenate Coffee.

Categorias
Regras ABNT

Nota de rodapé ABNT TCC: Saiba Tudo Sobre

A nota de rodapé ABNT é um recurso muito pouco utilizado pelos estudantes. Mas confere muita credibilidade e valor aos trabalhos acadêmicos. Saiba mais.

A nota de rodapé ABNT é um recurso muito útil durante a redação de uma monografia. Uma vez que ela pode aumentar o nível de credibilidade e embasamento do seu trabalho acadêmico.

Assim, não deixe de utilizar essa ferramenta durante a elaboração do seu trabalho. Contudo, fique atento, pois as regras para a nota de rodapé são bem especificas na ABNT. Continue lendo o artigo para saber mais.

O que é nota de rodapé ABNT?

Acima de tudo, é importante ficar bem claro que a nota de rodapé ABNT é uma estrutura textual. Que pode ser utilizada ou não durante a redação de um trabalho acadêmico.

Em outras palavras, a nota de rodapé não é obrigatória no TCC. No entanto, é um recurso que agrega valor ao texto. Assim, essa estrutura acaba passando despercebida para muitos estudantes.

Portanto, aqueles que pesquisam sobre o recurso e fazem uso dele ao longo do trabalho. Obtém um diferencial em relação às demais dissertações, o que valoriza a monografia e pode até mesmo aumentar a nota.

Dessa forma, a nota de rodapé ABNT pode ser de referência ou explicativa:

  • Nota explicativa: É utilizada para complementar as informações dadas ao longo do texto;
  • Nota de referência: Serve para referenciar o trabalho de um autor utilizado durante uma citação.

 nota de rodapé ABNT é

Qual a sua importância?

As notas de rodapé são um recurso muito valioso durante composição de uma monografia. Pois, elas oferecem destaque e demonstram o grau de profundidade e embasamento do levantamento bibliográfico da pesquisa.

Além disso, contribuem para a estética do trabalho. Uma vez que, além de facilitar a leitura e consulta das referências bibliográficas. Constituem, juntamente as citações, uma excelente maneira de quebrar o texto corrido.

Oferecendo ao leitor, uma nova perspectiva em relação ao assunto abordado no texto. Assim, a nota de rodapé ABNT é importante para que o autor ofereça ao leitor informações adicionais sobre determinado tema.

Sem comprometer o corpo principal do texto com informações complementares que poderiam confundir ou dispersar a leitura. Da mesma forma, a nota de rodapé também é essencial após citações diretas ou indiretas.

Uma vez que ela também serve como forma de referenciar o autor. Poupando ao leitor do esforço de ir até as últimas páginas do trabalho para encontras as referências.

Dessa forma, a utilização deste recurso é um grande diferencial para o seu TCC. Pois, além de aumentar a credibilidade texto, torna a apresentação do seu trabalho mais profissional.

No entanto, tenha cuidado quanto a formatação da nota de rodapé ABNT. Já que a norma estipula regras bem especificas para a utilização deste recurso. Encontre todas as informações que você precisa no próximo tópico.

Saiba mais também sobre outros artigos :

Como utilizar corretamente a nota de rodapé ABNT

Assim, para formatar corretamente as notas de rodapé do seu trabalho. Segundo as normas ABNT, você deve seguir os passos a seguir:

Numeração

Primeiramente, as notas de rodapé devem ser organizadas seguindo uma numeração específica. Sendo constituída por números arábicos consecutivos (1, 2, 3, 4…)

Fonte

Quanto a fonte, a nota de rodapé ABNT, deve seguir a mesma formatação do resto do texto. Ou seja, fonte Arial ou Times New Roman. No entanto, a letra deve ser menor (10), para que haja diferenciação em relação ao corpo do texto.

Abreviações

Além disso, caso haja mais de um comentário adicional ou referência na página. Deve-se utilizar abreviações para facilitar o entendimento, sendo as mais comuns:

  • cit.: Obra citada;
  • Id: Citação do mesmo autor;
  • Ibid: Citação da mesma obra.
Categorias
Trabalho

Quais os tipos de trabalhos acadêmicos mais frequentes?

Você sabe quais são os tipos de trabalhos acadêmicos mais comuns? Neste artigo te daremos uma introdução de cada um deles, além de muitas dicas.

Durante a faculdade, é normal que um estudante se depare com um número sem fim de tipos de trabalhos acadêmicos. Sendo que cada um segue um tipo de parâmetro e procedimento para ser produzido.

O que acaba gerando uma grande confusão na cabeça do universitário. Assim, neste artigo te ajudaremos a conhecer melhor os principais trabalhos acadêmicos solicitados nas universidades.

1º Resumo

Em primeiro lugar, um dos tipos de trabalhos acadêmicos mais comuns é o resumo. Pois, ele é uma ferramenta de aprendizagem e memorização de conteúdo simples e acessível a qualquer estudante.

Dessa forma, muitos professores solicitam o resumo de livros, artigos e textos para seus alunos. Como forma de fixar o conteúdo ministrado previamente em aula.

Ou até mesmo como forma de introduzir um conteúdo mais complexo para os estudantes. Dessa maneira, não há uma grande exigência quanto à redação deste trabalho acadêmico.

Basta que o aluno leia o texto ou trecho solicitado e, tenha a capacidade de filtrar as partes mais relevantes. Depois disso, o que deve ser feito é uma síntese do conteúdo assimilado.

Em outras palavras, para escrever um bom resumo, primeiro o estudante precisa ler o texto com atenção. Uma dica para ajudar no exercício, é grifar as partes mais importantes ao longo da leitura.

Por fim, é importante ressaltar que o resumo não pode ser uma simples cópia de um texto. Pois, isso é plágio. O aluno precisa utilizar-se de suas próprias palavras e conceitos para resumir a informação.

Veja outros artigos que possam te ajudar nos seus estudos:

2º Resenha Crítica

Em segundo lugar, a resenha crítica é um dos tipos de trabalhos acadêmicos mais solicitados nas universidades. Pois, requer que o estudante exercite sua habilidade de síntese juntamente à uma análise crítica do conteúdo.

Ou seja, a resenha crítica supera o resumo. Uma vez que exige que o aluno dialogue com o texto proposto. Dessa forma, além de ler o texto com atenção e definir os pontos mais relevantes da obra.

O estudante precisa se posicionar, contra ou a favor dos argumentos do autor do texto original. E deve fazer uso de outras referências bibliográficas para respaldar o seu posicionamento.

Portanto, ao contrário do resumo, a resenha crítica pode ter como alvo a publicação em revistas acadêmicas. Desse modo, deve ser redigida conforme às normas ABNT.

tipos de trabalhos acadêmicos

3º Fichamento

Em terceiro lugar, o fichamento é uma prática muito comum para os universitários. Pois, também é uma forma de sintetizar uma obra. Contudo, apresenta mais dinamismo do que o resumo e a resenha crítica.

Pois, ao contrário dos outros tipos de trabalhos acadêmicos, no fichamento, o aluno sintetiza as informações do texto em tópicos. Tal exercício é útil para auxiliar o estudante durante uma revisão bibliográfica, por exemplo.

Além disso, o fichamento é uma forma bem mais eficiente e objetiva de destacar às principais ideias de um texto. Permitindo que o aluno desenvolva um melhor hábito de leitura e levantamento de dados

4º Artigo Acadêmico

Por fim, em quarto lugar, o artigo acadêmico é um dos trabalhos mais comuns na vida universitária. Já que incentiva a prática da pesquisa e redação cientifica. Duas coisas extremamente valorizadas no ensino superior.

Além disso, o artigo acadêmico, é um dos tipos de trabalhos acadêmicos que mais prepara o estudante para o TCC. Pois, exige que o aluno:

  • Defina um tema para a pesquisa;
  • Desenvolva uma pergunta ou uma problemática a respeito do tema;
  • Elabore hipóteses;
  • Estabeleça objetivos;
  • Execute uma metodologia de pesquisa;
  • Obtenha resultados;
  • Explique os resultados fazendo uso de referências bibliográficas;
  • Prepare uma conclusão.

Portanto, é um dos trabalhos acadêmicos que mais exige dedicação do estudante. Mas, também é um dos que rende mais frutos. Pois, além de ser publicado em revistas, serve para enriquecer o currículo do aluno.