Categorias
Regras ABNT

Et al. ABNT: Como, quando usar e exemplos

Surpreendentemente em algum momento do seu trabalho científico você se depara com Et al ABNT. Provavelmente esta expressão lhe causará uma certa dúvida ou mesmo dificultará sua compreensão acerca do conteúdo.

Contudo, este termo em latim não é nenhum bicho de sete cabeças. Afinal ele irá auxiliar na escrita de sua produção técnica. Por isso esteja atento as informações a seguir, que lhe ajudarão a entender e utilizar da melhor forma.

Significado de et al.

Inegavelmente o termo et al. é comumente encontrado nos mais diversos tipos de trabalhos científicos. Entretanto, algo desconhecido por parte das pessoas é que esta é a abreviação de três expressões com o mesmo significado.

Logo as abreviações são: et aliae na forma feminina, et alii no masculino e et alia no neutro. Embora as escritas sejam um pouco diferentes, elas significam “e outros” ou “outras” se referindo aos autores da obra referenciada.

Isto ocorre, pois, em diversas obras é comum ter várias pessoas responsáveis pela autoria desta. Assim visando abreviar esta informação, este termo é utilizado para que o leitor compreenda sem que os autores sejam citados.

Contudo, apesar de ser algo simples e fácil de utilizar agora que você sabe o significado deste termo. Todavia para que seu uso seja feito de forma correta é necessário estar atento a norma que rege sua produção.

Saiba mais em outro dos nossos artigos:

Como usar et al. conformas normas ABNT

A princípio a utilização deste termo em latim deve ocorrer conforme a norma da ABNT vigente, pois, cada uma possui suas particularidades. Nesse sentido as produções brasileiras costumam utilizar o et al. ABNT.

Visto que a Associação Brasileira de Normas Técnicas é responsável por definir a estruturação das mais diversas categorias de textos. Assim é possível encontrar indicações para o uso correto desta expressão na NBR 6023:2018.

Pois, a mesma trata a respeito das referências bibliográficas de produções acadêmicas. Bem como já citado o termo irá atuar na abreviação dos nomes dos autores. Assim sendo para obras com quatro ou mais responsáveis.

Portanto, seu uso pode ser feito em diferentes momentos ao longo de todo o texto, como será mostrado posteriormente. Contudo, o mesmo deve apresentar o nome do primeiro autor e logo em seguida o termo et al.

Et al. ABNTQuando usar

Assim como já foi mencionado anteriormente, a funcionalidade do termo et al. ABNT pode ser útil de diferentes formas. Pois, as referências de uma obra ou trechos dela, deverão obedecer ao formato estabelecido pela norma regente.

Decerto a presença da referência costuma ocorrer principalmente ao final do texto, uso mais conhecido. Contudo, a mesma poderá ser utilizada ao longo do corpo do textual, como é o caso de citações.

Além das referências finais e do corpo do texto, elas também podem ser usadas em notas do rodapé. Contudo, é válido lembrar, que seu uso só deve ocorrer quando este recurso for necessário.

Isto é, sempre que a obra a ser mencionada ao longo da produção, apresentar menos de quatro autores. Em síntese neste caso é necessário apresentar o nome de todos os responsáveis pela autoria.

Uma das maiores dificuldades na construção de um trabalho acadêmico é a parte das referencias, como citar, como referenciar, ai surgem muitas dúvidas, há regras e normas especificas para cada coisa e isso de ficar perdendo seu precioso tempo que poderia usar para estudar o tema para apresentar ou fazer qualquer outra coisa relacionada ao seu trabalho, está perdendo dias, semanas ou até meses fazendo estas referencias, não é mesmo? E se você soubesse que existe um serviço que pode te ajudar a nesta etapa ou em outras se assim o quiser, iria te ajudar muito, não?

Então conheça a Studybay Brasil, uma empresa especializada em ajudar nestes tipos de trabalho ou no que precisar, fizemos aqui um post falando um pouco do serviço deles, vale a pena ler (Studybay Brasil: Serviço de escrita acadêmica)

Exemplos

Bem como foi mencionado as diferentes formas de apresentação do termo et al. ao longo do texto anteriormente. Confira a seguir alguns exemplos de como pode ser feito o uso correto em:

  • Citação;

Para Oliveira et al. (2016, p. 9), concluíram em suas pesquisas, “o número de pessoas dispostas a empreender nos setores alimentício e de vestuário cresceu em 60% nos últimos anos”.

  • Destaque;

Concluíram em suas pesquisas, “o número de pessoas dispostas a empreender nos setores alimentício e de vestuário cresceu em 60% nos últimos anos”. (Oliveira et al., 2016, p. 9, grifo do autor).

  • Referência final;

Oliveira, T. C. et al. O crescimento das microempresas no setor alimentício e de vestuário na cidade de São Paulo. São Paulo: Editora Céu, 2016.

Categorias
Regras ABNT

Como fazer citação APUD ABNT: Como usar corretamente

O APUD é um tipo de citação muito utilizada em trabalhos acadêmicos, pois confere embasamento e credibilidade ao texto. Porém, muitas pessoas têm dúvidas na hora da sua utilização.

Neste artigo abordaremos as principais dúvidas relacionadas ao APUD. E daremos exemplos corretos de como ele deve ser aplicado em textos acadêmicos.

O que é APUD

O APUD também pode ser chamado de citação da citação. Uma vez que ele será empregado quando você quiser citar um autor que foi citado em outra obra.

Isso acontece, por exemplo, quando você estiver lendo uma monografia ou tese. Então, se usa para uma citação, sem ter lido a obra original.

Pois, muitas vezes o acesso à obra original é difícil ou até mesmo restrito. Já que muitos artigos acadêmicos estão vinculados a plataformas que cobram pelo acesso.

Portanto, este tipo de citação é um recurso que agrega valor ao seu trabalho. Quando utilizado com cautela e seguindo às normas ABNT.

Significado

A palavra APUD tem origem latina e significa “junto a, perto de, em”. Porém, no contexto acadêmico, significa “citado por”.

Segundo às normas ABNT, esta é uma citação de uma obra que você não leu. Mas que teve acesso mediante a citação no texto de um outro autor que você leu.

Veja mais também sobre:

APUDComo usar APUD ABNT: Exemplos

De acordo com às normas ABNT, toda e qualquer citação feita no seu texto precisam estar referenciadas. E configuradas da maneira correta.

Portanto, trouxemos alguns exemplos de como utilizar corretamente o APUD nos seus textos. Para fins didáticos, vamos chamar o autor que você leu de Luiz Henrique, e o autor que você quer citar de José de Almeida.

  • Exemplo 1: Segundo José de Almeida (1990, p.30 apud Luiz Henrique, 2002, p. 40) [citação direta ou indireta]
  • Exemplo 2: Segundo José de Almeida (1990, p.30 citado por Luiz Henrique, 2002, p.40) [citação direta ou indireta]
  • Exemplo 3: José de Almeida, em Título da obra (apud Luiz Henrique 2002, p.40) apresenta uma série de questões sobre x como [citação com mais de 3 linhas]

Como fazer citação APUD no TCC?

O APUD deve ser utilizado no seu TCC da mesma forma que é utilizado em todos os outros trabalhos acadêmicos. Cite autores que você não leu, mediante a citação do autor que você teve acesso.

O mais importante é deixar bem claro para o leitor que não foi você quem teve acesso ao texto original. Mas que você encontrou a citação no texto de um segundo autor. Que deve ser referenciado ao final do seu trabalho.

No tópico anterior demos três exemplos de citação que podem ser feitas em casos como esse. Utilize uma delas e seu TCC estará plenamente de acordo com às normas ABNT.

Quando usar

Você deve utilizar o APUD sempre que quiser fazer uma citação indireta, ou seja, citar um autor que você não leu. É importante salientar que o seu texto não deve conter muitas citações deste tipo.

Pois, o ideal é que você leia todos os materiais relevantes para a elaboração do seu texto. No entanto, devido a dificuldade ou impossibilidade de acessar certas obras, o uso correto desta citação confere credibilidade ao trabalho.

O mais importante é ficar bem atento às normas de citação e referência do APUD. Pois, se você não seguir a forma correta, seu trabalho estará sujeito a denúncia por plágio.

Como citar Apud nas referências bibliográficas

Na hora de preparar suas referências bibliográficas é importante ficar bem atento. Uma vez que você nunca deve referenciar uma obra que você não leu.

Nas suas referências deve constar apenas o autor e a obra que te permitiram acesso à citação desejada. Não coloque de forma alguma o autor ou obra original.

Portanto, seguindo os exemplos de APUD que demos durante o texto. Apenas a obra de Luiz Henrique deve constar nas referências do seu trabalho.

Categorias
Regras ABNT Trabalho

Como Citar Lei em um Trabalho Acadêmico

Independente se o trabalho acadêmico é relacionado a área de Direito, em algum momento será preciso aprender como citar lei. Portanto, se faz necessário saber como utilizar essa opção que tem o poder de enriquecer o conteúdo.

Sabendo deste potencial que as citações possuem, conheça os tipos existentes, assim como a maneira correta de aplicar cada uma. Dessa forma seus próximos trabalhos conterão informações que o tornarão mais relevantes.

Como citar Lei em um Trabalho Acadêmico de forma direta

Esta é a cópia fiel daquilo que se encontra escrito em alguma lei. Ou seja, um recorte que nos interessa e dá legitimidade à informação ou argumento colocado. Então a inserimos no trabalho da forma que está no lugar de origem.

Para entender como citar lei é fundamental não modificar nenhuma palavra neste tipo de citação. Também é necessário colocar ao final da mesma o nome da jurisdição da lei e o ano que foi criada.

A jurisdição pode ser federal, estadual ou municipal. Então essas informações devem ser acrescentadas ao fim da citação entre parênteses.  Assim, precisará conter o nome do país, estado ou município de criação da lei, assim como o ano.

Citação direta curta

Quando o trecho citado não ultrapassa a três linhas esta é definida como uma citação direta curta. Dessa forma, neste caso podemos falar algo sobre o assunto e mencionar a lei entre aspas. Após, é só colocar o país, estado ou cidade e o ano.

Citação direta longa

Quando o tamanho da citação é maior que três linhas dizemos que é uma citação direta longa. Então se faz necessário coloca-la de forma diferenciada, destinando um parágrafo todo para a mesma.

Também é preciso colocar um recuo de 4 centímetros e uma fonte tamanho 10 quando a citação for longa. Além de justificar o parágrafo que foi destinado a este recurso acrescentado.

Confira aqui muito mais

Citação Indireta

Verificando como citar lei de maneira indireta é necessário apenas uma menção da lei. Dessa forma, não é preciso escrever as mesmas palavras fielmente. Logo, será utilizada apenas como um complemento ao que foi expresso no texto.

Nessa modalidade de citação o autor do trabalho diz com suas próprias palavras o que a lei preconiza. Ou ainda pode mencionar a mesma para dizer que após sua criação houveram impactos positivos ou negativos por exemplo.

Exemplos de como citar Lei em um Trabalho Acadêmico

Desvendando as formas de como citar lei de maneira correta observe os exemplos descritos abaixo. Assim, leve em consideração que no início coloca-se o número do artigo e o nome da lei e no final o país e a data.

Citação Direta curta

De acordo com o artigo 2º da Lei 8069 de 13 de julho de 1990 “Considera-se criança, para os efeitos desta Lei, a pessoa até doze anos de idade incompletos, e adolescente aquela entre doze e dezoito anos de idade” (Brasil, 1990).

Citação direta Longa

Observe abaixo o que diz o artigo 18 º da Lei 8069 sobre alguns direitos de uma criança e/ou adolescente. Veja como ela dispõe em relação a diversas vertente relacionada ao assunto:

Art. 4º É dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do poder público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária.(Brasil, 1990).

Citação Indireta

Conforme o artigo 13º da Lei 8069 de 13 de julho de 1990 qualquer suspeita de violência contra criança precisa ser levada ao conhecimento do Conselho tutelar. (Brasil, 1990).

Como Incluir a citação nas referências Bibliográficas

Mesmo depois de colocar no corpo do texto as devidas citações ainda é preciso inserir as mesmas nas referências. Pois é nesse espaço que elas serão ainda mais detalhadas.

É muito importante que os dados referentes à citação mencionada estejam completos. Por isto, a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) estabeleceu normas e regras que definem como citar lei.

O objetivo principal da aplicação correta é embasar e comprovar aquilo que está sendo dito. Desse modo, conforme a Instituição colocada acima não podem faltar os seguintes dados:

  • Nome do país em que a lei está em vigor;
  • O número da lei;
  • Seu título;
  • A cidade ou município em que foi criada (quando se tratar de lei estadual ou municipal);
  • Data, (que inclui dia, mês e ano de publicação).