Categorias
Dicas TCC Trabalho

Resenha Descritiva: Como fazer, o que é, exemplos

A resenha descritiva é parte inerente na vida de qualquer aluno de graduação. Principalmente daqueles que já estão em fase de TCC.

Para os alunos de graduação, é comum escutar em algum momento sobre a resenha descritiva. Pois ela é parte fundamental do trabalho de conclusão de curso. Mas você sabe o que é uma resenha descritiva?

Descubra a seguir tudo que precisa saber sobre a resenha descritiva e tenha sucesso nos seus futuros trabalhos.

O que é resenha descritiva

Inicialmente, vamos ao entendimento do que √© uma resenha descritiva. √Č um tipo de texto, que tem por objetivo descrever, de forma anal√≠tica, determinado objeto (evento ou obra).

De forma mais ampla, este tipo de resenha visa justamente servir como embasamento técnico para outros trabalhos. Por isso que alunos em fase de TCC precisam construir uma resenha descritiva.

Saiba mais sobre trabalhos de TCCs:

Normas ABNT para Trabalhos Acadêmicos 

Como fazer citação em TCC

Como fazer referências bibliografias nas regras da ABNT

Uma de suas características está justamente a imparcialidade. Ou seja, o aluno não pode emitir sua opinião e/ou julgamento. Por isso, essa resenha se caracteriza por ser impessoal e objetiva.

Assim, ela é um texto que obedece às determinadas regras. Pois sua construção considera conceitos e teses já construídos por outros autores, que estudaram profundamente aquele determinado assunto.

Como fazer uma resenha descritiva

No momento de construção de uma resenha descritiva, o aluno precisa estar atento a alguns critérios acadêmicos. Assim, a resenha precisa ser clara, objetiva e imparcial.

Primeiramente, o aluno deve descrever os dados bibliogr√°ficos. Ou seja, nome do autor ou autores, nome da obra, ano de publica√ß√£o, editora, local de publica√ß√£o. Tamb√©m deve constar n√ļmero de p√°ginas e volumes.

Al√©m disso, fa√ßa uma descri√ß√£o sobre o conte√ļdo da obra, sobre o que ela trata. Essa descri√ß√£o pode ser de forma bem sucinta, no formato de um resumo. Mas sempre de forma imparcial.

Após essa etapa, é o momento da análise descritiva. Ou seja, é o apontamento de argumentos sobre a obra resenhada, sob o ponto de vista dos outros autores. Como se fosse um debate, onde existem pontos convergentes e divergentes.

Lembre-se que a resenha descritiva não é a sua opinião sobre o assunto. Mas sim a construção descritiva com embasamento teórico em autores e estudiosos da área que já estudaram o assunto resenhado.

Assim, finalizando sua resenha descritiva, é o momento de fazer o fechamento das análises descritas. Nesta ocasião, o aluno irá expor seus entendimentos, desde que embasados em tudo o que foi ponderado.

Como começar uma resenha descritiva

Muitas vezes, dar o primeiro passo é mais difícil. No entanto, é possível buscar alguns exemplos de resenhas para ajudar a soltar a imaginação. Mas lembre-se que plágio é crime.

Conheça aqui 15 ferramentas que detectam plágio

Leia diversas resenhas descritivas que já foram apresentadas e aprovadas no meio acadêmico. A estrutura da resenha deve estar distribuída em introdução, desenvolvimento e conclusão.

Contudo, não há necessidade de separar essas partes com subtítulos. Mas sim escrever de forma que o fim de um parágrafo e o início do outro demonstra essa divisão.

Caso tenha pressa ou dificuldade em fazer sua resenha, procure um especialista para te ajudar, clique no botão abaixo para saber como encontrar estes especialistas em trabalha acadêmico:

 

Resenha descritiva ABNT

Além de cuidar dos pontos já mencionados anteriormente, o aluno deve prestar atenção em outras regras. São as normas da ABNT para resenhas. Sua formatação é bastante simples, mas deve ser obedecida sempre.

Assim, o texto deve ser breve, de boa qualidade e sem erros gramaticais. n√£o devem haver subdivis√Ķes, como subt√≠tulos. A escrita deve ser uniforme e cont√≠nua.

No primeiro par√°grafo j√° deve aparecer os dados bibliogr√°ficos da obra e em seguida a apresenta√ß√£o da mesma. Depois, deve descrita a estrutura da obra. Em seguida, especificar o conte√ļdo da obra de 3 a 5 par√°grafos.

Posteriormente, em mais três parágrafos, é o momento de apresentar a análise descritiva, expondo a conceituação de outros autores. Adiante, se faz a conclusão com base nos pontos apresentados.

E por fim, o aluno deve se identificar. Ou seja, seu nome completo, sua titulação, de qual curso faz parte. Esse é o momento de descrever os dados de quem construiu a resenha descritiva.

Estrutura

A estrutura de uma resenha descritiva se divide em, mais ou menos, 12 a 15 parágrafos. Contudo, não é permitido fazer qualquer tipo de divisão, seja com títulos ou subtítulos. Sua estrutura se divide em:

  • T√≠tulo
  • Refer√™ncia bibliogr√°fica da obra
  • Demais dados do autor e da obra resenhada
  • An√°lise descritiva da obra, com embasamento de outros autores
  • Conclus√£o
  • Identifica√ß√£o do aluno que escreveu a resenha

Características

De forma geral, tem algumas características importantes. Que são as seguintes: objetividade, concisão, utilização de método e uso na norma padrão da língua.

Ou seja, esse tipo de resenha precisa apresentar uma linguagem objetiva, sem interfer√™ncia pessoal. Tamb√©m deve falar exatamente o necess√°rio, cuidando para n√£o fazer repeti√ß√Ķes.

Assim como a estruturação deve obedecer a um método que seja objetivo e claro. Também cuidado na escrita, evitando uma linguagem muito rebuscada, assim como não se deve utilizar linguagem coloquial.

Conheça aqui o serviço de escrita acadêmica e personalizada mais escolhida entre os estudantes 

O que abordar

Quanto ao que abordar, tudo é uma questão de aprofundamento. E essa decisão é do próprio aluno que irá desenvolver a resenha. Assim como também dependerá da profundidade da análise do estudo.

Mas via de regra, alguns itens são fundamentais na apresentação da resenha descritiva. Que são eles:

  • Nome do autor ou autores da obra
  • T√≠tulo da obra, que deve ser descrito da mesma forma como no original
  • Nome da editora, n√ļmero de p√°ginas, data da publica√ß√£o e local

Exemplo de resenha descritiva

redação descritiva

Qual a diferença entre a resenha descritiva e crítica?

Embora tenham nomes parecidos, mas a resenha descritiva em nada se parece com a resenha cr√≠tica. Ambas tratam da constru√ß√£o de rela√ß√Ķes e an√°lises sobre uma determinada obra (objeto de estudo).

No entanto, a resenha crítica o resenhista tem a liberdade de dar a sua opinião sobre o assunto. Já na descritiva, o resenhista não pode opinar. Ele apenas faz a interlocução entre os autores no discorrer da resenha.

Ou seja, ambas apresentam elementos narrativos e descritivos. Contudo, suas formas de escrita diferem, principalmente no que tange a interferência opinativa do autor da resenha.

Modelo de Resenha Descritiva

Baixe este modelo de resenha aqui.

Link para download

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *